A Instituição de Longa Permanência para Idosos – ILPI - Asilo Dom Bosco, localizado na Rua Indaial nº 1299 em Itajaí - SC, é uma organização não governamental da sociedade civil, que visa promover o atendimento e institucionalização de pessoas idosas, dependentes, semi dependentes ou independentes, vulneráveis ou não de recursos econômico financeiros e familiares, garantindo proteção integral aos mesmos, promovendo seu bem estar físico, mental e social, viabilizando acesso às políticas públicas promovendo a garantia dos direitos sociais.


Foi fundado em 17 de março de 1936, tendo sido seus fundadores

Aguardado imagem...

João Cesário Pereira

Aguardado imagem...

Juvenal Fiúza Lima

Aguardado imagem...

José Corbeta

Aguardado imagem...

Claudionor Uriarte

O PRIMEIRO GRANDE DESAFIO

O primeiro grande desafio foi tentar edificar um prédio para acolher os desamparados da cidade. Não foi sem grandes sacrifícios que abnegados e benfeitores, após quinze anos decorridos desde a sua fundação, concluíram o edifício situado no bairro São Judas em terreno doado pelo fundador Juvenal Fiúza Lima. O terreno, na época media 96m de frente com 171m de fundos.

Inaugurado em 15 de agosto de 1951

quinze anos após a fundação do Asilo. Sua primeira diretoria (do prédio novo) foi composta por

Aguardado imagem...

João Cesário Pereira

Aguardado imagem...

José Corbeta

Aguardado imagem...

Laércio Malburg

Aguardado imagem...

Rosinha de Souza

Aguardado imagem...

Elisabeth Malburg

Aguardado imagem...

Laura Korb

Em 1954 foi instalado o primeiro telefone e em 1956 foi conseguido um carro de mola e água encanada. Em 1968 o trem da estrada de ferro passava em frente ao asilo.

Da galeria de seus benfeitores e batalhadores, dois nomes afora os dos fundadores, não podem ser esquecidos: Dr. José Menescal do Monte e Srta. Rosinha Sousa. Se um contemplava o Asilo em seu testamento, a outra dava à filantrópica Instituição, inestimável contribuição pessoal de trabalho e devotamento.

Nesta época a administração do Asilo foi entregue às Irmãs Franciscanas Bernardinas que administraram por 17 anos e seu provedor era o Rev. Cônego Vendelino Hubold, Vigário da Paróquia do Ssmo. Sacramento.

O Asilo Bom Bosco trabalha constantemente com contenção de recursos financeiros por ser uma entidade filantrópica, todavia preza pela qualidade dos serviços oferecidos, e para uma melhor continuação deste trabalho, necessita constantemente de parceiros interessados em colaborar com o comprometimento desse legado, direcionado à garantia e promoção de uma melhor qualidade de vida às pessoas idosas residentes neste local.

Desde o segundo semestre de 2018, o Asilo conta com a administração da coordenadora Emanuella Caroline dos Santos Nunes Corrêa, assistente social da entidade há mais de 3 anos, especialista em atenção à saúde da pessoa idosa.

Como presidente, apresenta o Sr. Gerson Hélio da Cruz e vice Dr. Denísio Dolásio Baixo, profissional do Direito, prestando assessoria advocacia de maneira voluntária.

Atualmente o Asilo possui capacidade para 90 idosos (censo suas), sendo que 60 destes são idosos custeados pelo convênio junto a Prefeitura Municipal de Itajaí. Os outros idosos são advindos de vagas particulares, custeadas pelos próprios idosos ou familiares. O Asilo recebe diariamente doações de alimentos, material ambulatorial, higiene, limpeza, roupas e depósitos em dinheiro de pessoas físicas e jurídicas.

O Asilo tem como objetivo oferecer assistência ininterrupta, estimular a autonomia, promover a qualidade de vida, complementando a presença da família, fortalecendo o convívio familiar e comunitário.